Hapvida tem contra si execução de multa por não cumprimento de decisão judicial em Manaus

Hapvida tem contra si execução de multa por não cumprimento de decisão judicial em Manaus

Nos autos do processo nº 0690612-12.2021.8.04.0001, a Hapvida Assistência Médica Ltda teve em seu desfavor tutela provisória de urgência que a compeliu ao fornecimento de tratamento por equipe multidisciplinar ao Autor V. P. R., o que importaria em prestar fisioterapia intensiva com profissional especialista e fonoaudiologia, também especialista, não dando cumprimento à decisão, muito embora a decisão tenha imposto a multa de R$ 15.000,00(quinze mil) Reais no limite de 20 repetições.

Desta forma, houve permissivo legal para que o interessado promovesse pedido de cumprimento provisório da sentença, impugnado pela Ré, sem, contudo, ter a seu favor o efeito suspensivo da medida.

O procedimento, como consta na lei e na decisão do Magistrado, corre por conta e risco do exequente, que se obriga a reparar os danos suportados pelo executado se a sentença revogar a decisão antecipatória ou, ainda, em caso de reforma da sentença de procedência na instância superior. 

Embora a decisão anterior tenha imposto prazo para a conclusão do procedimento pela empresa de saúde houve recalcitrância em seu cumprimento. O recurso, sem efeito suspensivo, convalidou a exigibilidade da decisão, mas, mesmo assim, frisou o magistrado que “nem o valor considerável foi capaz de impelir o cumprimento da decisão”.

Desta forma, foi aplicada a multa de R$ 300.000,00 (trezentos mil) reais, corrigidos desde a data do arbitramento inicial. 

Leia a decisão

Leia mais

Telefônica demonstra que cobranças de serviços ‘adicionais’ inexistem e derruba ação de consumidor

Sentença da Juíza Jaci Cavalcanti Gomes Atanazio, do 16º Juizado Especial Cível de Manaus, fixou entendimento de que, no que possa pesar a transferência...

Juiz condena Telefônica Brasil a indenizar em R$ 5 mil cliente que não contratou conteúdos avulsos

Sentença do Juiz Jorsenildo Dourado do Nascimento, do 18º Juizado Cível fixou em R$ 5 mil o valor de indenização considerada devida pela Telefônica...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Bemol é condenada por venda de mercadoria com vícios ocultos em Manaus

O Juiz George Hamilton Lins Barroso, da 22ª Vara...

Destaques

Últimas

Telefônica demonstra que cobranças de serviços ‘adicionais’ inexistem e derruba ação de consumidor

Sentença da Juíza Jaci Cavalcanti Gomes Atanazio, do 16º Juizado Especial Cível de Manaus, fixou entendimento de que, no...

Juiz condena Telefônica Brasil a indenizar em R$ 5 mil cliente que não contratou conteúdos avulsos

Sentença do Juiz Jorsenildo Dourado do Nascimento, do 18º Juizado Cível fixou em R$ 5 mil o valor de...

Mantida prisão domiciliar de advogada acusada de integrar organização criminosa

Em decisão interlocutória (que não encerra o processo) proferida no âmbito da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do...

Justiça reduz pena de condenado por morte de cinegrafista em protesto

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) decidiu nessa quarta-feira (17) reduzir a pena de Caio Silva...