Ex- Ministro Rezek renova criticas contundentes ao Supremo Tribunal Federal

Ex- Ministro Rezek renova criticas contundentes ao Supremo Tribunal Federal

O Ministro José Francisco Rezek tem feito notórias críticas ao Supremo Tribunal Federal, Órgão do qual é egresso, atualmente ocupando o cargo de juiz da Corte Internacional de Justiça da Organização das Nações Unidas. Rezek já firmou que “o Supremo é, hoje, um arquipélago de onze monocracias”. A crítica foi realizada dentro do contexto de que o Supremo refletia a fratura que divide o provo brasileiro, e que o STF é um arquipélago, com 11 monocracias, nem sempre comunicantes entre si. 

O Ex- Ministro já firmou, também, que o STF tem uma parcela de responsabilidade pela crise institucional em curso no país. A afirmação fora feita a revista Crusoé, em entrevista na qual diz que o Supremo, de alguma forma, contribuiu para o cenário de polarização  e de ataques ao Poder Judiciário, e mencionou que a instauração do Inquérito das Fake News foi uma ideia “infeliz”.

A mais recente crítica de Rezek foi realizada em palestra, no dia de ontem (14/6), onde o ex-Ministro do STF endossa que “uma das principais queixas dos advogados a respeito da Justiça brasileira, mas especialmente o STF, neste momento, é a de que há um excesso de autoridade convivendo com a escassez de leitura”.

Segundo Rezek, referindo-se aos 11 ministros “Eles não estão lendo nada, nem os memoriais apresentados pela advocacia, muito menos as obras doutrinárias que podem ajudá-los a exercer a sua autoridade, sem arbitrariedade, improvisações e amadorismo”. Rezek fez as observações durante uma palestra no IAB- Instituto dos Advogados Brasileiros, onde escreveu o prefácio da obra “A nova lei de migração e os regimes internacionais”.

Leia mais

É possível concessão de benefício previdenciário diverso do pedido, define TJAM

Em embargos de declaração aos quais se concedeu efeitos infringentes contra Acórdão que julgou Recurso de Apelação de Janira do Socorro de Azevedo Paixão...

Estupro de Vulnerável com vítima sobrinha impõe a acusado no Amazonas aumento de pena

Na ocasião em que a vítima, criança  de 07 anos, se deslocou para atender ao pedido de frutas solicitado pelo tio, Ciro Lima, em...

Mais Lidas

Últimas

Desvalorização no preço de carro leiloado em ação penal não gera indenização

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou recurso de um comerciante de 60 anos, residente em Itajaí...

DPU e MPF pedem R$ 50 milhões à União após mortes de Dom e Bruno no Amazonas

Manaus/AM - Após as mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, a Defensoria Pública da União...

TRT-MT nega indenização à trabalhadora que recusou ser reintegrada após gravidez ser descoberta

A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (MT) negou o pedido da ex-empregada de um supermercado...

Empregado de Porto Alegre que falou mal da empresa em grupo de WhatsApp é despedido por justa causa

As mensagens foram enviadas pelo auxiliar administrativo para um grupo composto por pessoas estranhas à instituição de ensino onde...