Em Humaitá, Justiça torna público edital para pedidos de doação de madeira apreendida pela PRF

Em Humaitá, Justiça torna público edital para pedidos de doação de madeira apreendida pela PRF

O juiz de Direito Bruno Rafael Orsi, titular da 1.ª Vara do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Humaitá-AM, tornou público Edital de Chamamento de Interessados para abertura de prazo à apresentação de pedidos de doação de 29,46 metros cúbicos de madeiras serradas (de diversas espécies), apreendidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O edital, expedido no âmbito do processo n. º 0601070-41.2022.8.04.4400, foi publicado na página 7 do Caderno Administrativo do Diário da Justiça Eletrônico do Tribunal de Justiça do Amazonas de quarta-feira, 11/5.

Os pedidos de doação deverão ser formalizados em até 15 dias corridos, contados da publicação do edital, pelo e-mail: [email protected] ou diretamente na secretaria do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Humaitá (na Rua Monteiro, 2.443, Centro do município).

Poderão ser beneficiadas entidades públicas ou privadas (instituições sem fins lucrativos, científicas, hospitalares, penais e outras com fins beneficentes) nos termos do art. 25 da Lei n.º 9.605-98. A lei dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências, e prevê que verificada a infração, serão apreendidos seus produtos e instrumentos, lavrando-se os respectivos autos, e tratando-se de produtos perecíveis ou madeiras, serão estes avaliados e doados a instituições científicas, hospitalares, penais e outras com fins beneficentes.

A transferência do bem será efetivada mediante termo, no qual constará a indicação de transferência de propriedade de parte/e ou toda madeira apreendida para o donatário respectivo. Todas as despesas para retirada e transferência da madeira ocorrerão por conta dos entes beneficiados/donatários.

Mais esclarecimentos poderão ser solicitados à Secretaria do Juizado de Humaitá pelo e-mail: [email protected] ou pelo WhatsApp Comercial (97) 3373-2605 (das 8h às 14h, de segunda à sexta).

Fonte: Asscom TJAM

Leia mais

Aluno não pode ser prejudicado por alteração de grade curricular, diz TJ/Amazonas

Julgado da Corte de Justiça firmou que embora a Universidade do Estado do Amazonas tenha autonomia didático científica, aí se incluindo a prerrogativa de...

Zona Franca não é incompatível com a política de redução da carga tributária, diz ABIR a Moraes

O Ministro Alexandre de Moraes recebeu pedido da ABIR-Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcóolicas para ingresso na ADI-7153, na qual...

Mais Lidas

Últimas

Aluno não pode ser prejudicado por alteração de grade curricular, diz TJ/Amazonas

Julgado da Corte de Justiça firmou que embora a Universidade do Estado do Amazonas tenha autonomia didático científica, aí...

Ulbra é denunciada por cobrar taxa de R$ 200 por colação de grau em Manaus

Manaus/AM - Alunos do Centro Universitário Luterano do Brasil (Ceulm/Ulbra), procuraram o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), para...

Condenado a 26 anos pela morte da ex no Amazonas, homem vai pagar indenização a filhos da vítima

Além da condenação a 26 anos e três meses de prisão pelo crime de feminicídio, Mizael Augusto Rodrigues de...

Radialistas do RS receberão adicional por acúmulo de funções no mesmo setor

A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a condenação da Empresa Portoalegrense de Comunicação Ltda. (Rede Pampa)...