Atual quadro de Covid no Amazonas altera funcionamento de Ministério Público

Atual quadro de Covid no Amazonas altera funcionamento de Ministério Público

As atividades do Ministério Público do Amazonas e seu respectivo funcionamento foram alteradas em razão do atual quadro da pandemia da Covid 19, vindo o Procurador Geral de Justiça, por substituição legal, Géber Mafra Rocha,  a editar Ato que considerou restar evidente a tendência de forte elevação da média móvel de casos de Covid 19 nos próximos dias, bem como o surto de gripe ocasionado pelo vírus influenza. O ato foi publicado no último dia 13/01/2021 e se refere ao aumento significativo dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, desde dezembro de 2021, decorrentes das doenças que se resumem na decorrência da infecção humana pelo novo Coronavírus (Sars-Cov 2).

As unidades do Ministério Público funcionarão de modo extraordinário por escalas de revezamento até a data de 31 de janeiro de 2022, com regime presencial, no mínimo, de 50% (cinquenta por cento) dos integrantes de equipes que atuem em um mesmo ambiente de trabalho.

Na modalidade 100%(cem por cento) remota permanecerá o grupo composto por gestantes e lactantes, com filhos menores de 12(doze) meses, sem se olvidar de outras medidas que a Administração entenda serem pertinentes , em especial uso de máscaras de proteção facial, manutenção de distanciamento mínimo ou até apresentação de comprovação de vacinação, com ciclo completo.

O ingresso nas instalações do MP-AM ficará condicionado à apresentação de comprovante de vacinação, com ciclo completo.  A Medida alcança membros, servidores, estagiários e colaboradores que devem se sujeitar às consequências administrativas e legais cabíveis em caso de não atendimento das medidas.

Leia o ATO Nº 007/2022/PGJ

Leia mais

Golpes contra anunciantes da OLX evidenciaram associação criminosa e estelionato em Manaus

A prática do estelionato consistiu no fato de que os acusados mostravam-se interessados na compra de produtos divulgados pela plataforma OLX. Posteriormente, entravam em...

Justiça nega reforma de condenação a médico acusado de mutilar pacientes no Amazonas

O Desembargador Jomar Ricardo Saunders Fernandes, do Tribunal do Amazonas, negou ao médico Carlos Jorge Cury Mansila pedido de reforma de condenação sofrida pelas...

Mais Lidas

Últimas

Golpes contra anunciantes da OLX evidenciaram associação criminosa e estelionato em Manaus

A prática do estelionato consistiu no fato de que os acusados mostravam-se interessados na compra de produtos divulgados pela...

TRT² diz que todo e qualquer assédio envolvendo Marcos Scalercio será apurado

As informações da defesa do juiz e professor Marcos Scalercio, suspeito de abusar sexualmente de mulheres que o denunciaram...

Juiz e professor acusado de assédio sexual já teria contra si outras acusações arquivadas

O CNJ- Conselho Nacional de Justiça poderá examinar a acusação lançada contra o juiz do trabalho Marcos Scalercio, do...

Bolsonaro poderá mais uma vez driblar Moraes em decreto contra a Zona Franca de Manaus

O Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal já suspendeu,  parcialmente, por duas vezes, decretos de Jair Messias...