OAB-AM divulga edital para projeto arquitetônico do clube dos advogados na Av. Efigênio Sales

OAB-AM divulga edital para projeto arquitetônico do clube dos advogados na Av. Efigênio Sales

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM) divulgou na terça-feira (19/01) o edital para o concurso de ideias e projeto de arquitetura da sede do clube dos advogados. A sede está localizada na Av. Efigênio Salles, 363 – Parque 10 de Novembro, Manaus – AM, CEP: 69057-050, Zona Centro-Sul. As inscrições iniciam no dia 01/02/2022 e finalizam em 15/02/2022 e podem ser feitas exclusivamente no endereço eletrônico: [email protected].

O objetivo do concurso é selecionar as melhores ideias arquitetônicas para a sede do Clube da OAB/AM. Os três primeiros colocados vão apresentar suas ideias de projetos na plenária em audiência pública, na qual a vencedora poderá ser contratada para elaboração do projeto. Poderão participar do concurso pessoas físicas e jurídicas de prestação de serviços de arquitetura e urbanismo registradas e em situação regular perante o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU).

O valor do projeto é limitado ao máximo de R$ 60 mil. O certame será dividido em duas fases: habilitação e classificação. A seleção das propostas será feita por uma comissão julgadora, formada por profissionais indicados pela OAB e CAU.

De acordo com o presidente da OAB-AM, Jean Cleuter Mendonça, o edital é uma chance de selecionar os melhores projetos e profissionais de alto nível que vão auxiliar na mudança arquitetônica do clube dos advogados. “É importante ter um espaço acolhedor, bonito e que ofereça muitas opções de lazer, que possamos celebrar as conquistas de nossos advogados e oferecer sempre o melhor. Esse edital também segue à risca a nossa decisão de fazer tudo de forma simples e transparente”, afirmou.

Ao final das inscrições, os candidatos têm até o dia 16 de março para entregar os projetos. Mais informações no edital do concurso.

Fonte: Asscom OAB-AM

Leia mais

Não há dano a imagem na publicação de foto em reportagem com nítido interesse público, diz TJ/AM

A Desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, ao relatar apelação, reverteu a decisão do juiz Paulo Feitoza que havia condenado o Amazonas em...

Manaus Ambiental é condenada a indenizar consumidor pelo seu nome ter sido indevidamente negativado

O Desembargador Cláudio Roessing determinou que a Águas do Amazonas retirasse do cadastro de inadimplentes o nome da consumidora Rita Bittencourt por reconhecer que...

Mais Lidas

Últimas

Não há dano a imagem na publicação de foto em reportagem com nítido interesse público, diz TJ/AM

A Desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, ao relatar apelação, reverteu a decisão do juiz Paulo Feitoza que...

Manaus Ambiental é condenada a indenizar consumidor pelo seu nome ter sido indevidamente negativado

O Desembargador Cláudio Roessing determinou que a Águas do Amazonas retirasse do cadastro de inadimplentes o nome da consumidora...

Justiça do Rio nega recurso de mulher condenada por ofensas homofóbicas

O Tribunal do Rio de Janeiro, por unanimidade, negou o recurso de Luciana de Oliveira, condenada por proferir insultos...

Condenado por estupro no Amazonas tem Habeas Corpus negado pela Ministra Laurita Vaz do STJ

A Ministra Laurita Vaz do Superior Tribunal de Justiça negou a Thales da Cunha Ramos Habeas Corpus contra o...