Justiça de SP arquiva inquérito contra senador Irajá por acusação de estupro

Justiça de SP arquiva inquérito contra senador Irajá por acusação de estupro

Agência Senado/Flickr

A juíza Tania da Silva Amorim Fiuza, do Departamento de Inquéritos Policiais do Foro Central Criminal da Barra Funda, em São Paulo, determinou o arquivamento de um inquérito policial contra o senador Irajá (PSD-TO) por suspeita de estupro.

Uma jovem modelo acusava o parlamentar de ter cometido o crime em um flat na capital paulista em 2020. Ela contou ter perdido a consciência após beber em uma balada, acordar no imóvel e sofrer o abuso. Em seguida, ela se trancou em um banheiro e chamou ajuda de uma amiga por meio do celular.

O Ministério Público de São Paulo opinou pelo arquivamento do inquérito. “Por toda a investigação incansavelmente realizada, não foi possível identificar a prática de violência, própria ou imprópria, por parte do investigado”, diz o documento, assinado pela promotora Eliana Faleiros Vendramini Carneiro.

Nenhuma testemunha presenciou nada de anormal nos locais onde a vítima e o acusado estiveram na noite do ocorrido. Os documentos também mostravam que as partes marcaram seus encontros de maneira voluntária.

Colegas da vítima também confirmaram que a modelo estava alcoolizada, mas bem de saúde. Além disso, imagens mostraram a mulher chegando ao flat sozinha, entrando no elevador, mexendo no celular e conversando com o investigado.

“Nenhum elemento dos autos traz indícios de que a vítima tenha tido eventual resistência diminuída ou impossibilitada por um ato do investigado. Esse nexo causal não existe nos autos”, apontou Carneiro. A juíza acolheu a manifestação do MP-SP.

Fonte: Conjur

Leia mais

É possível concessão de benefício previdenciário diverso do pedido, define TJAM

Em embargos de declaração aos quais se concedeu efeitos infringentes contra Acórdão que julgou Recurso de Apelação de Janira do Socorro de Azevedo Paixão...

Estupro de Vulnerável com vítima sobrinha impõe a acusado no Amazonas aumento de pena

Na ocasião em que a vítima, criança  de 07 anos, se deslocou para atender ao pedido de frutas solicitado pelo tio, Ciro Lima, em...

Mais Lidas

Últimas

Desvalorização no preço de carro leiloado em ação penal não gera indenização

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou recurso de um comerciante de 60 anos, residente em Itajaí...

DPU e MPF pedem R$ 50 milhões à União após mortes de Dom e Bruno no Amazonas

Manaus/AM - Após as mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, a Defensoria Pública da União...

TRT-MT nega indenização à trabalhadora que recusou ser reintegrada após gravidez ser descoberta

A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (MT) negou o pedido da ex-empregada de um supermercado...

Empregado de Porto Alegre que falou mal da empresa em grupo de WhatsApp é despedido por justa causa

As mensagens foram enviadas pelo auxiliar administrativo para um grupo composto por pessoas estranhas à instituição de ensino onde...