Juiz Igor Campagnolli é eleito secretário-geral da Câmara Nacional da Gestão de Precatórios

Juiz Igor Campagnolli é eleito secretário-geral da Câmara Nacional da Gestão de Precatórios

O magistrado Igor de Carvalho Leal Campagnolli, juiz-auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), foi eleito nesta sexta-feira (25/05) secretário-geral da Câmara Nacional da Gestão de Precatórios.

A eleição ocorreu durante o “Encontro Nacional de Gestores de Precatórios dos Tribunais de Justiça”, que foi realizado nesta semana na cidade de Macapá, no Amapá.

Juntamente com o juiz Igor Campagnolli, foi eleita presidente da Câmara a magistrada Marina Lustosa, do Tribunal de Justiça do Amapá.

Após a eleição realizada, o juiz Igor Campagnolli expressou o agradecimento a seus pares, que participaram do Enconto e afirmou o compromisso – semelhante ao assumido por ele no Tribunal de Justiça do Amazonas – em contribuir de maneira efetiva no processo de gestão de precatórios, agora, também em âmbito nacional.

Encontro Nacional

O “Encontro Nacional de Gestores de Precatórios dos Tribunais de Justiça” teve o propósito de debater procedimentos, discutir legislações pertinentes e compartilhar boas práticas para a celeridade e gestão eficiente de precatórios. Os precatórios são requisições de pagamento expedidas pelo Judiciário para cobrar de municípios, estados ou da União, assim como de autarquias e fundações, valores devidos após condenação judicial definitiva. Esses títulos de dívidas, reconhecidos pela Justiça, devem estar previstos no orçamento público.

Entre os temas abordados destacaram-se: “Novos Desafios da Gestão dos Precatórios no Brasil”, “O Sistema Nacional de Precatórios: Exposição a partir da Perspectiva do Conselho Nacional de Justiça e Temas Atuais”, “Correção Monetária: Uma Análise sobre as Perspectivas Atuais”, “Limites e Práticas para o Uso de Depósitos: Resolução de Problemas e Responsabilidades”, “A Aplicabilidade da Tecnologia Blockchain como uma Solução na Gestão de Precatórios”, “Super Preferências, Limites e Opções para Pagamento”.

Com informações do TJAM

Leia mais

Juiz viola o momento adequado para aplicar o ônus da dinâmica das provas e tribunal anula sentença

Age com ofensa ao contraditório e à  ampla defesa a decisão que, inadequadamente, antecipa o o julgamento da lide, por entender dispensáveis outras provas,...

2ª Turma Recursal mantém indenização de R$ 10 mil por cancelamento de voo

A Segunda Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) confirmou condenação da LATAM Airlines por cancelamento de voo sem justificativa plausível. O...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Bemol é condenada por venda de mercadoria com vícios ocultos em Manaus

O Juiz George Hamilton Lins Barroso, da 22ª Vara...

Destaques

Últimas

Motorista que se envolveu em acidente com viatura do Corpo de Bombeiros deve ser indenizado

O Distrito Federal foi condenado a indenizar motorista que se envolveu em acidente com viatura do Corpo de Bombeiro...

Juiz viola o momento adequado para aplicar o ônus da dinâmica das provas e tribunal anula sentença

Age com ofensa ao contraditório e à  ampla defesa a decisão que, inadequadamente, antecipa o o julgamento da lide,...

Justiça condena INSS a conceder aposentadoria por incapacidade a mulher com problemas de saúde

A Justiça Federal condenou o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a conceder aposentadoria por incapacidade permanente a uma...

TJMG condena empresária por violação de direitos autorais

A 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou decisão da Comarca de Belo Horizonte...