DPU e MPF pedem R$ 50 milhões à União após mortes de Dom e Bruno no Amazonas

DPU e MPF pedem R$ 50 milhões à União após mortes de Dom e Bruno no Amazonas

Manaus/AM – Após as mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, a Defensoria Pública da União (DPU) e o MPF pediram, nesta segunda-feira (4), uma indenização de R$ 50 milhões por danos morais coletivos contra a União. O valor será revertido em favor dos povos indígenas isolados e de recente contato.

O MPF (Ministério Público Federal) e o DPU acionaram a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai), entre outros pleitos. O pedido foi protocolado em uma ação que já tramita na Justiça Federal desde 2018.

Segundo o texto da ação, as entidades elaboraram um plano para que “as bases da Frente de Proteção Etnoambiental da Funai no estado do Amazonas passassem a gozar dos recursos humanos e materiais mínimos para o efetivo cumprimento de suas finalidades”.

A Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari), onde Bruno era servidor, está incluída na ação. O plano teve a participação do indigenista e de outras 44 pessoas, entre elas servidores da Funai e membros de diversas etnias e entidades indígenas.

“A propositura da demanda justificava-se, à época, pela notória desestruturação pela qual passa a Funai ao longo dos últimos anos, e que se refletia diretamente na não execução das políticas públicas destinadas aos povos indígenas isolados e de recente contato, deixando de garantir direitos fundamentais e colocando em risco populações extremamente vulneráveis”, diz a DPU e o MPF na ação.

Leia mais

Vítima de estelionato em venda de carro na OLX consegue rever o veículo

Após anunciar a venda do veículo na OLX, o proprietário do carro João Victor logo conseguiu um comprador. O interesse pelo automóvel foi tão...

Incitação ao crime associado a outras condutas contra a paz pública autorizam prisão

A incitação ao crime, na forma como descrita no Código Penal se evidencia pela publicidade que o agente dá à prática do ato, e,...

Mais Lidas

Últimas

Auxiliar administrativo consegue reconhecimento de direito à estabilidade pré-aposentadoria

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito à estabilidade de um auxiliar administrativo demitido sem...

TCU condena Deltan Dallagnol e Rodrigo Janot por gastos com diárias

O Tribunal de Contas da União condenou, na última terça-feira, procuradores da extinta Lava Jato a devolver aos cofres...

Vítima de estelionato em venda de carro na OLX consegue rever o veículo

Após anunciar a venda do veículo na OLX, o proprietário do carro João Victor logo conseguiu um comprador. O...

Incitação ao crime associado a outras condutas contra a paz pública autorizam prisão

A incitação ao crime, na forma como descrita no Código Penal se evidencia pela publicidade que o agente dá...