Defensoria do AM abre inscrições para Residência Jurídica em Manaquiri

Defensoria do AM abre inscrições para Residência Jurídica em Manaquiri

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) abriu inscrições para o programa de Residência Jurídica no município de Manaquiri. A bolsa-auxílio ofertada é no valor de R$ 2.032.

Conforme o edital, os interessados podem se inscrever até o dia 28 de janeiro, através do e-mail [email protected]. Podem participar bacharéis em Direito ou alunos matriculados no último ano do curso, em instituições de ensino superior reconhecidas pelo MEC.

O candidato deve encaminhar ao endereço eletrônico ([email protected]), em formato PDF, o currículo atualizado, além dos documentos pessoais (RG, CPF, Diploma ou declaração de matrícula) e declaração pessoal contida no edital, devidamente preenchida e assinada. A seleção visa o preenchimento de uma vaga e formação de cadastro reserva.

Os candidatos aprovados vão atuar de forma presencial da Unidade Descentralizada de Interior (UDI) da Defensoria, em Manaquiri, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h (30h semanais). A bolsa-auxílio ofertada é no valor de R$ 2.032 e o aluno residente poderá permanecer no programa por até três anos.

Para saber mais sobre o processo seletivo, consulte o edital ou entre em contato com a UDI Manaquiri pelo e-mail [email protected].

Com informações da DPE-AM

Leia mais

STF contraria STJ e declara válida invasão de casa por policial ante atitude do suspeito

O colegiado do Supremo Tribunal Federal, por maioria de votos, decidiu que são válidas invasões da Polícia Militar a domicílios nos casos em que...

Esposa pode pedir para retirar sobrenome do marido mesmo durante o casamento

Mesmo casada, a mulher tem o direito de solicitar a retirada do sobrenome adquirido após o matrimônio, por meio de um processo administrativo ou...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Bemol é condenada por venda de mercadoria com vícios ocultos em Manaus

O Juiz George Hamilton Lins Barroso, da 22ª Vara...

Últimas

Juiz absolve sumariamente ré em processo que tramitava havia dez anos

Por entender que a absolvição por falta de provas seria o desfecho natural do processo, que já se arrastava...

Fachin concede benefício e converte pena de condenado por tráfico

As denúncias anônimas e a apreensão de quantidades fracionadas de droga não comprovam a dedicação ao tráfico, não podendo,...

Averbação em matrícula de bem impenhorável não se confunde com a efetiva penhora

O fato de o devedor possuir bem considerado impenhorável, por si só, não afasta a possibilidade da averbação premonitória...

Justiça do Trabalho reintegra ao trabalho homem que pediu demissão durante quadro de depressão

A 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (RO/AC) manteve a decisão da 1ª Vara do...