Tribunal de Justiça majora condenação a homem que assassinou e roubou a namorada

Tribunal de Justiça majora condenação a homem que assassinou e roubou a namorada

A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, em sessão nesta quinta-feira (1º/2), decidiu majorar a pena aplicada ao homem que assassinou e roubou uma servidora pública, de quem era namorado, em 7 de janeiro de 2022.

O crime ocorreu em um edifício do bairro Fazenda, em Itajaí, no litoral norte do Estado. A pena pelos crimes de latrocínio e violência psicológica contra mulher foi fixada pelo órgão colegiado em 41 anos, um mês e 27 dias de reclusão, em regime inicialmente fechado.

Também foi mantida a prisão preventiva do réu, decretada dias após a localização do corpo da vítima, asfixiada em sua residência, mesmo que ainda reste a ele a possibilidade de recursos aos tribunais superiores. “Garantia da ordem pública”, justificou o desembargador relator.

O voto pela manutenção da prisão foi seguido de forma unânime pelos demais integrantes do órgão julgador. A pena aplicada no 1º grau, em sentença prolatada em 16 de dezembro de 2022, havia condenado o réu a 36 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão.

A denúncia apontou que o homem mantinha um relacionamento com a servidora e que, depois de matá-la por asfixia, fugiu no carro da vítima com celular, cartões bancários e certa quantia em dinheiro. Os bens e recursos foram usados para adquirir drogas ou entregues em garantia de dívidas. O processo tramita em segredo de justiça.

Com informações do TJ-SC

Leia mais

Tribunal de Justiça do Amazonas publica nomeação de mais 12 concursados

O Tribunal de Justiça do Amazonas nomeou mais 12 candidatos aprovados no concurso público do Edital n.º 01/2019-PTJ, para ocuparem vagas em cargos de...

Pleno analisa ação sobre dispensa de licenciamento ambiental para templos religiosos em Manaus

O Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas começou a analisar uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (nº ****************8.04.0000), em que o Ministério Público do...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Bemol é condenada por venda de mercadoria com vícios ocultos em Manaus

O Juiz George Hamilton Lins Barroso, da 22ª Vara...

Últimas

Jogador Daniel Alves é condenado a 4 anos de prisão por estupro em boate de Barcelona

O jogador Daniel Alves, acusado de estuprar uma mulher de 23 anos, no banheiro de uma boate em Barcelona,...

Presidente do TJAM é homenageada por comunidade acadêmica da Universidade Nilton Lins

A presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargadora Nélia Caminha Jorge, prestigiou, na última terça-feira (20/02), a solenidade...

TJDFT condena homem por matar proprietário de bicicleta que pegou emprestada

Sobradinho/DF  - O Tribunal do Júri de Sobradinho condenou, na última terça-feira (20/02), o réu Adailton dos Santos Nascimento...

Tribunal de Justiça do Amazonas publica nomeação de mais 12 concursados

O Tribunal de Justiça do Amazonas nomeou mais 12 candidatos aprovados no concurso público do Edital n.º 01/2019-PTJ, para...