Justiça do Amazonas condena homem por estupro de vulnerável cometido contra a própria filha

Justiça do Amazonas condena homem por estupro de vulnerável cometido contra a própria filha

A justiça do Amazonas condenou homem acusado de estupro de vulnerável cometido contra a própria filha. O Juiz Saulo Góes Pinto, condenou o pai da vítima a 37 anos e 7 meses de reclusão, além do pagamento de R$30 mil. Além dos abusos, o homem também agredia o irmão da jovem.

A denúncia narrou que o agressor estuprou a própria filha desde os seus 12 até os 16 anos de idade com o emprego de violência física e grave ameaça. Desses abusos sexuais resultaram os nascimentos de dois filhos, apesar dela ser obrigada a ingerir medicamentos abortivos.

O promotor de Justiça, Rodrigo de Miranda Leão Júnior, contou que ao longo dos anos que a menina sofreu violência física e psicológica, tornou-se dependente financeira do abusador, razão pela qual permaneceu na casa do pai até completar 22 anos, quando saiu para morar com o seu primeiro companheiro.

 

Leia mais

Aluno não pode ser prejudicado por alteração de grade curricular, diz TJ/Amazonas

Julgado da Corte de Justiça firmou que embora a Universidade do Estado do Amazonas tenha autonomia didático científica, aí se incluindo a prerrogativa de...

Zona Franca não é incompatível com a política de redução da carga tributária, diz ABIR a Moraes

O Ministro Alexandre de Moraes recebeu pedido da ABIR-Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcóolicas para ingresso na ADI-7153, na qual...

Mais Lidas

Últimas

Aluno não pode ser prejudicado por alteração de grade curricular, diz TJ/Amazonas

Julgado da Corte de Justiça firmou que embora a Universidade do Estado do Amazonas tenha autonomia didático científica, aí...

Ulbra é denunciada por cobrar taxa de R$ 200 por colação de grau em Manaus

Manaus/AM - Alunos do Centro Universitário Luterano do Brasil (Ceulm/Ulbra), procuraram o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), para...

Condenado a 26 anos pela morte da ex no Amazonas, homem vai pagar indenização a filhos da vítima

Além da condenação a 26 anos e três meses de prisão pelo crime de feminicídio, Mizael Augusto Rodrigues de...

Radialistas do RS receberão adicional por acúmulo de funções no mesmo setor

A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a condenação da Empresa Portoalegrense de Comunicação Ltda. (Rede Pampa)...