Homem é denunciado por esfaquear a companheira na frente da filha

Homem é denunciado por esfaquear a companheira na frente da filha

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS), por meio da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Viamão, denunciou nesta quarta-feira, 10 de janeiro, um homem que esfaqueou a companheira no Município da Região Metropolitana. A tentativa de feminicídio ocorreu no dia 5 de dezembro do ano passado, na frente da filha menor do casal. O acusado se encontra recolhido no sistema prisional desde o dia 5 deste mês. Na ocasião, houve manifestação favorável do MPRS à prisão, após reapresentação da Polícia Civil ao Poder Judiciário.

A denúncia foi oferecida pela promotora de Justiça Bárbara Pinto e Silva. Segundo ela, houve a incidência de quatro qualificadoras neste crime: motivo torpe, em razão do sentimento de posse que o denunciado tinha em relação à vítima, emprego de meio cruel, já que foram desferidos diversos golpes de faca em diversas regiões do corpo dela, além de ser um delito praticado contra mulher por razões da condição de sexo feminino e recurso que dificultou a defesa da companheira do acusado.

Em relação à última qualificadora atribuída à tentativa de feminicídio, a promotora ressalta que a companheira do denunciado estava em casa arrumando as roupas da filha: “ele entrou no cômodo e passou a desferir as estocadas com a arma branca contra ela de maneira imediata, inclusive, segurando-a e cobrindo sua boca para que não pedisse socorro”. A denúncia foi encaminhada à 1ª Vara Criminal do Tribunal do Júri e de Execução Criminal de Viamão.

Com informações do MPRS

Leia mais

Amazonas Energia deve pagar o consumidor substituto por queda de rede

A empresa de energia elétrica é responsável pelos danos causados a aparelhos domésticos em decorrência de oscilação de energia. Se esses danos são ressarcidos...

Candidato aprovado fora do número de vagas em concurso tem nomeação confirmada

O candidato aprovado fora do número de vagas previstas em edital de concurso, mas que passe a figurar entre as vagas existentes devido a...

Mais Lidas

Justiça do Amazonas garante o direito de mulher permanecer com o nome de casada após divórcio

O desembargador Flávio Humberto Pascarelli, da 3ª Câmara Cível...

Bemol é condenada por venda de mercadoria com vícios ocultos em Manaus

O Juiz George Hamilton Lins Barroso, da 22ª Vara...

Últimas

Amazonas Energia deve pagar o consumidor substituto por queda de rede

A empresa de energia elétrica é responsável pelos danos causados a aparelhos domésticos em decorrência de oscilação de energia....

Candidato aprovado fora do número de vagas em concurso tem nomeação confirmada

O candidato aprovado fora do número de vagas previstas em edital de concurso, mas que passe a figurar entre...

Justiça permite a maior de idade, por deficiência, habilitar-se como dependente de servidor

É possível ao filho maior de 21 anos de idade obter a declaração judicial de dependência do servidor na...

Sem prestar informações ao Promotor de Justiça, condenação de ex-prefeito é mantida por improbidade

Decisão de Colegiado do Tribunal do Amazonas confirma  que o desatendimento intencional pelo Prefeito de informações a serem prestadas...