Defensor geral dá posse a servidora aprovada em concurso público no Amazonas

Defensor geral dá posse a servidora aprovada em concurso público no Amazonas

Foto: Evandro Seixas/DPE-AM

O defensor público geral do Amazonas, Ricardo Paiva, deu posse a mais uma servidora aprovada em concurso público. Danielle Kristina Neves dos Santos tomou posse nesta terça-feira (19) para o cargo de assistente técnico. A cerimônia de posse foi realizada na sede da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), na avenida André Araújo, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

Durante a cerimônia de posse, a nova servidora disse estar feliz e na expectativa de se juntar aos esforços da Defensoria. “Espero contribuir com o serviço público da melhor forma, contribuir para o trabalho da Defensoria. Estou bem ansiosa e animada para essa nova experiência”, afirmou Danielle.

Em seu discurso, o defensor geral, Ricardo Paiva, afirmou que faz questão de participar das posses, porque se trata de um momento importante e significativo tanto para os servidores quanto para a Defensoria.

“Toda vez que um novo servidor ou servidora toma posse, é a família da Defensoria crescendo e, tudo isso, em busca de uma missão que temos que é ajudar as pessoas. Que você possa se realizar no trabalho da Defensoria, que tem uma missão muito bonita. E todos são importantes nessa engrenagem, porque se uma pessoa não conseguir andar a gente também não anda. Então, seja bem-vinda e vamos em frente, porque tem muita gente lá fora precisando de nós”, afirmou Paiva.

Fonte: Asscom DPE-AM

Leia mais

Juiz deve analisar condições sociais e pessoais do segurado em aposentadoria por invalidez

Segurado do INSS que nessa condição leva o Instituto Nacional do Seguro Social à condição de Réu em ação acidentária e cuja incapacidade para...

Proibir policial investigado de ser promovido na carreira viola a presunção de inocência

O Tribunal de Justiça do Amazonas definiu que as regras que dispõem sobre a moralidade administrativa não se confundem nem podem se sobrepor às...

Mais Lidas

Últimas

TRF-3 diz que marcas de indústria de brinquedo podem ser penhoradas

A Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) ratificou decisão da 10ª Vara de Execuções Fiscais...

Juiz deve analisar condições sociais e pessoais do segurado em aposentadoria por invalidez

Segurado do INSS que nessa condição leva o Instituto Nacional do Seguro Social à condição de Réu em ação...

Publicações em rede social que provoquem risos não podem ser tidas como criminosas

A postagem na rede social Twitter consistiu no comentário sobre uma notícia, veiculada em telejornal estrangeiro, de furto de...

Incitar o crime por rede social é conduta que agride a paz pública

Por ter feito publicações no Facebook enaltecendo uma facção criminosa e ter atingido um número indeterminado de público, Lucas...