Jean Wyllys ganha queda de braço com Wassef que, condenado, terá ainda que se retratar

Jean Wyllys ganha queda de braço com Wassef que, condenado, terá ainda que se retratar

Ação proposta por Jean Wyllys contra Frederick Wassef foi julgada procedente pelo magistrado do 5º Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro, em Copacabana. Wassef, advogado da família Bolsonaro terá de efetuar o pagamento da indenização em R$ 20.000,00, acrescidos de juros e correção monetária ao autor por danos morais. O fato retroage à acusação que Wassef fez ao ex-deputado federal de estar mancomunado com o atentado sofrido pela então candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro. 

Para o magistrado sentenciante, o advogado não teria se limitado a crítica política, além de não ter demonstrado a veracidade das acusações caluniosas contra Wyllys. Na ocasião, o advogado Bolsonarista havia dado uma entrevista, em 2020, sugerindo que Wyllys estaria associado ao crime de tentativa de homicídio do Presidente da República. Sugeriu, ainda, haver uma investigação nesse sentido na sede da Polícia Federal. 

Além do pagamento da indenização, Wassef terá que efetuar uma retratação pública nas mesmas redes sociais que Wyllys foi caluniado, firmou o magistrado. A retratação deverá ser levada a termo no mesmo canal em que foi proferida a declaração que motivo o ajuizamento do processo, correspondente à entrevista dada ao canal CNN Brasil em abril de 2020. 

Leia mais

Regressão de regime de execução penal deve ser apurado mediante contraditório

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas obteve em julgamento de Agravo de Execução Penal nos autos do processo 0000153-16.2021.8.04.0000, o reconhecimento de que...

Não se conhece de recurso por nulidade de citação sem demonstração de prejuízo à defesa

Nos autos de processo no qual E.E.O. de L, usou de recurso de apelação contra decisão que decretou medidas protetivas de urgência contra sua...

Mais Lidas

Últimas

Alexandre de Moraes não vê o risco de golpe dito como pré anunciado por apoiadores de Bolsonaro

O futuro Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes, teria, reservadamente, falado a assessores que não há temor...

Regressão de regime de execução penal deve ser apurado mediante contraditório

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas obteve em julgamento de Agravo de Execução Penal nos autos do processo...

Não se conhece de recurso por nulidade de citação sem demonstração de prejuízo à defesa

Nos autos de processo no qual E.E.O. de L, usou de recurso de apelação contra decisão que decretou medidas...

Não merece reforma decisão que nega acolhimento a recurso por falta de previsão legal

No bojo de investigações que foram instauradas mediante prisão em flagrante delito ante Plantão Criminal da Comarca de Coari/AM,...