Filho afetivo de Flordelis vai cumprir pena em liberdade condicional

Filho afetivo de Flordelis vai cumprir pena em liberdade condicional

A juíza Roberta Barrouin Carvalho de Souza, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), concedeu liberdade condicional a Carlos Ubiraci Francisco da Sailva, um dos filhos afetivos da deputada federal cassada Flordelis. Ele foi condenado a dois anos, dois meses e 20 dias de reclusão pelo crime de associação criminosa no último dia 13 de abril pelo Tribunal do Júri de Niterói.

A defesa de Carlos Ubiraci entrou com o pedido de liberdade depois que o apenado, atualmente recluso no presídio Evaristo de Moraes, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio, foi absolvido no mesmo julgamento do homicídio triplamente qualificado consumado e da tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Na decisão, a magistrada ressaltou que o Ministério Público, consultado, não se opôs à concessão da benesse. Preso há um ano e oito meses, Carlos Ubiraci reuniu condições para cumprir a pena em regime de liberdade condicional a partir de 19 de maio.

Na mesma decisão, a juíza determinou que ele deverá se apresentar a cada três meses em um dos núcleos do Patronato Magarino Torres (instituição pública responsável por prestar assistência aos egressos do sistema penitenciário existentes no estado do Rio de Janeiro) para justificar suas atividades e assinar o boletim de frequência, sendo que o primeiro comparecimento deverá ocorrer 30 dias após a libertação. Além disso, Carlos Ubiraci deve comunicar qualquer mudança de domicílio mediante apresentação de comprovante de residência.

Processo n°: 5004274-03.2022.8.19.0500

Fonte: Asscom TJRJ

Leia mais

Aluno não pode ser prejudicado por alteração de grade curricular, diz TJ/Amazonas

Julgado da Corte de Justiça firmou que embora a Universidade do Estado do Amazonas tenha autonomia didático científica, aí se incluindo a prerrogativa de...

Zona Franca não é incompatível com a política de redução da carga tributária, diz ABIR a Moraes

O Ministro Alexandre de Moraes recebeu pedido da ABIR-Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas Não Alcóolicas para ingresso na ADI-7153, na qual...

Mais Lidas

Últimas

Aluno não pode ser prejudicado por alteração de grade curricular, diz TJ/Amazonas

Julgado da Corte de Justiça firmou que embora a Universidade do Estado do Amazonas tenha autonomia didático científica, aí...

Ulbra é denunciada por cobrar taxa de R$ 200 por colação de grau em Manaus

Manaus/AM - Alunos do Centro Universitário Luterano do Brasil (Ceulm/Ulbra), procuraram o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), para...

Condenado a 26 anos pela morte da ex no Amazonas, homem vai pagar indenização a filhos da vítima

Além da condenação a 26 anos e três meses de prisão pelo crime de feminicídio, Mizael Augusto Rodrigues de...

Radialistas do RS receberão adicional por acúmulo de funções no mesmo setor

A Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a condenação da Empresa Portoalegrense de Comunicação Ltda. (Rede Pampa)...